sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Um Sonho errado!

Eu tenho um sonho errado

Tento me esquecer



Acordo no meio da noite em meio a um belo pesadelo

Sentindo o seu perfume, ouvindo a sua voz.

Porque tem que ser assim ?

É muito, é demais pra min...


Deixo a mente ocupada

Não paro um instante..

Sei que, se destra ir vou pra longe,


Nada me chama atenção,

Tudo é tão pequeno e tão mesquinho

Perto do que é perder alguém!


Sonhos errados me lembram o que quero esquecer

Ruim é não poder viver sonhando

Ruim é negar o que não pode ser negado


Dizem que o tempo tudo cura,

Fico com os olhos atentos no relógio, atônito por cada segundo.

O tempo demora a passar...


É difícil quando as lembranças vêm ao cair da noite

E toda a luta durante o dia é então perdida,

No final da tarde junto com o cansaço aparecem as estrelas

Bebo café pra não dormir


Durmo e vejo seu sorriso, encontro tudo o que procurava!

Durmo e sou feliz, não preciso de mais nada!

Mas como um veneno rápido de euforia..

Te vejo distanciar..


É sempre a mesma coisa, a imagem começa a se dissipar.

Sei que vai embora, mas a cada noite, me surpreendo novamente.

Acordo chamando seu nome..

Te pedindo pra ficar,


Não durmo mais

Passo a noite pensando

Quantos dias mais isso vai continuar,

Pesadelo é também um sonho que não se pode viver sonhando..

3 comentários:

Gabriela Domiciano disse...

pq é um sonho errado???
e pq não viver sonhando??? Vc mesmo disse lá no último comentário no blog sobre isso.

=D

Gabriela Domiciano disse...

AINDA
ainda bem q usou essa palavra
pq com certeza inda vai fazer coisas bem legais!!!

bjos

iilógico disse...

amigo,
o passado volta.
e volta a ser passado.

Outro começo de noite

Outro começo de noite