domingo, 26 de abril de 2009

Agora

Algum lugar
qualquer lugar
Pra sair daqui
Não tenho idéia
Nem sei se a estrada é grande
Só queria sair
Ir agora
Antes que percebam
Que notem qualquer coisa
Bem longe
Onde não tivesse explicações
Ninguém me conhecesse
Tudo fosse absolutamente novo
só mais um
desconhecido pelas ruas
se eu morresse ali
Só um indigente
Nunca iriam saber
A história passada
toda suposição
ia ser tudo assim
Uma lenda
Não tenho nem idéia
Só quero que seja
Bem longe daqui
A Kms que não me façam lembrar
Quem mesmo eu sou
tudo novo
Talvez até um nome
Talvez uma profissão
Passado apagado
eu vou agora
antes que possam notar
antes das explicações
da rotina
eu caminho
pra todos os universos
que estão me esperando
quem mais eu poderia ser ?
onde mais eu poderia estar ?
eu vou agora
eu vou saber

2 comentários:

iilógico disse...

somos melhores, quando somos para nós mesmos, primeiro.

abs

Gabriela Domiciano disse...

meu tempo anda escasso
=/
nem consigo fazer mais tanto as coisas que gosto

acho que também quero me ir!!

Outro começo de noite

Outro começo de noite