segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

A língua universal

Eu te ouvi falando
Vi na sua face
Um sorriso diferente
A língua universal
Nem podia imaginar
Meus olhos saltavam fora
Eu caia por dentro
O mundo parou pra te escutar
Você já estava cantando
E nem podia imaginar
Eu te ouvi cantando
E agora não a nada mais
As ondas da sua voz me atravessaram
E agora é tudo o que há
E toda vez que fizer silencio vou escutar
Agora é tudo o que há
O som completou todos os espaços
E tudo começa e acaba em música agora
Você estava cantando
E nem podia imaginar

2 comentários:

Gabriela Domiciano disse...

Ricardooo
esse ficou ótimo!!!

Vc tem se aprimorado bastante, nossa e vc tem escrito bastantee tb!!! cmo dá contaa????

mas sério msm, esse ta de parabéns!!!

=D

Ricardo disse...

xD
assim como os seus
o do balão azul é \o\o\o/
eu indico pra todo mundo

Outro começo de noite

Outro começo de noite