domingo, 25 de janeiro de 2009

Fantasma

Ele apaga seus rastros
ele deixa seus amores
ele esconde suas dores
ele não tem identidade nem nunca terá
é um fantasma em cada esquina
é um estranho em cada cidade
tudo o que seus olhos viram
todo o caminho que seus pés fizeram
toda fome que o estomago aguentou
os ritmos que o ouvido escutou
algum dia ele foi de algum lugar
nem se lembra de onde
todos os lugares são seus agora
toda cultura é sua
todo tempo é seu
ele não tem nada
engolindo seco a solidão constante
é o fantasma
que tem amigos em cada lugar
é o fantasma
que se vê uma vez só
é o dono do mundo
andarilho do universo
é o dono do mundo
caminha pelas estrelas
com historias inesperadas de toda sorte
com bagagem sobre o pescoço
poucas malas na mão
está indo embora
chegou a hora
dizemos que nós veremos novamente
não sei quem engana quem
mas ele sabe bem se despedir
e então o fantasma segue
no caminho do vento
não vê futuro a longo tempo
é o próximo passo
é cada momento.

2 comentários:

Péricles Carvalho disse...

levar conosco a certeza de que acabamos os apropriando das coisas que se passam em nossas vidas, nao importa o que seja.

masem meio a tudo isso, a essas cidades invisiveis, nos tornamos fantasmas, passamos a participar da individualidade que nos cerca, participar da correria em meio a construçoes que de tao grandiosas e imponentes, acabam nos tornando fantasmas...

somos donos de tudo e paradoxalmente de nada!

*conheci em salvador uma banda que tem uma musica chamada 'cidades invisiveis'
"Ramos secos
Futuro imperfeito
Quero saber
O que escondes de mim
Todas as letras incapazes
De explicar ou entender
Onde se está
Cidades Invisíveis
Todos em contradição
Cidades Invisíveis
A flecha e o coração
Quem sabe
Verá o universo
Esquecido na rua
Entre olhares
Perdido nos lares
Desejo qualquer"


...kra, curti o texto sobre os beats, massa d+!

Gabriela Domiciano disse...

ola!!!

estou voltando a ativa de novo!!!
logo devo postar alguma coisa nova!!

e pelo jeito por aki rendeu essas férias!!!ahuahuhuahauha!!! vou lendo aos poucos os seus textos.
=)

engraçado como as vezes me sinto dessa maneira: um fantasma q passa e só isso!!!!

bjos!!

Outro começo de noite

Outro começo de noite