quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Tarde do dia 31!

Não é noite, nem tão pouco chove
não faz frio,
as folhas das arvores não caem
e o sol bate forte.
As pessoas são pura euforia
é dia de festa, é puro movimento
é uma realidade tão surreal
Porque todos parecem não acreditar
criam mentiras para poder continuar.
Escrevemos sobre coisas que não podemos tocar
olhando para as estrelas e falando da imensidão do céu e do mar
são os lugares comuns do amor
onde queremos estar!
É o céu, é o mar, o horizonte e a eternidade
tudo que parece não ter fim.
Mas, hora ou outra,
observando
as buzinas que soam altas nas avenidas
os pássaros que não cantam como em contos de fadas
que são pombos cheios de doenças
os pedintes que pedem dinheiro e mostram as feridas
e todos que estão felizes correndo para casa
pegando os ônibus lotados e atravessando a cidade.
Meu Deus obrigado por dar ao povo tanta fé e felicidade
e para esse ano novo lhe peço mais fé e mais felicidade
para agüentarmos firmes cada adversidade.
Mas, em especial, eu te peço também que tenhamos mais piedade
e que sejamos mais justiça do que impunidade.
Deixando de lado toda essa droga que é enfiada nos lares
dia após dia na televisão
dando aos homens toda essa ilusão e mansidão
arrancando-lhes o direito divino de rebelião.
Esquecendo a verdadeira missão de um Deus
que morreu como mártir
e realizou a maior revolução.
Morreu por amor à quem foi ingratidão.
Não esqueçamos, então, de escrever sobre a beleza e as coisas do coração
mas lembremos também
que o homem é acima de tudo veiculo de comunicação
é acima de tudo sujeito de transformação!



2 comentários:

Gabriela Domiciano disse...

que isso, não precisa agradecer!!!!
gosto muiitoo de vir aki te aguentar e ler suas "loucuras"!!!!
huahauhauhauhaua
mas já q agradece, tb agradeço por dar crédito aos meus devaneios, não só os do blog, os outros das conversas tb!!!

e que seja forever and a day!!! (cmo vc msm diz)

Um ótimo 2009!!!

bjus
=*

Péricles Carvalho disse...

passar o tempo observando algo ou alguem é muito interessante. mas o interessante foi o olhar com o qual vc vê as ruas, tao cotidianas, tão comuns, mas nem por isso espantosas e desumanas.

Que 2009 seja um ano de paz, de maior igualdade entre as pessoas, e fraternidade tb!

um abraço!

Outro começo de noite

Outro começo de noite